Blog

foto comunicaa

Conheça a diretoria multitasking do CEU!

Multidisciplinar, falante e com muita vontade de inovar: a diretoria de Comunicação do CEU não cansa de sempre lançar novas ideias para dinamizar seus projetos. Prontos para encarar qualquer desafio, os membros dessa equipe fazem tudo ao mesmo tempo: do gerenciamento das mídias sociais à revisão de textos e documentos; da comunicação interna e externa à prospecção de possibilidades de parceria. Nessa diretoria sempre tem um espaço para mais um! Isso porque em Comunicação, quanto mais diversa for a equipe, melhor! Acreditamos que é na diversidade que encontramos a criatividade necessária para fazer o nosso trabalho.

Atualmente, a diretoria de Comunicação é composta pela Larissa Ferracine (a diretora que parece a torcida de Bauru, não para de incentivar), Jenyffer Braz (manjadora dos vídeos), Paula Nishi (aquela jornalista com pézinho em RP), Bruno Campos (o Designer salvador) e Gabriel Fernandes (sem ele, o nosso site nem funciona!).

Mas com tantas tarefas diferentes, como essa diretoria se organiza? Além das funções exercidas por todos os membros, a equipe possui uma subdivisão: cada membro é responsável por auxiliar um projeto do CEU, cuidando especificamente da sua comunicação. Além disso, a diretoria usa ferramentas como o Slack e o Trello, que ajudam a organizar as responsabilidades da diretoria e a controlar os prazos (já ouviu falar sobre essas ferramentas? Logo mais iremos explicar como elas funcionam e de que forma podem te ajudar a se organizar no trabalho!). E aí, curtiu a diretoria de Comunicação? O nosso processo seletivo já se encerrou, mas continuem ligados no nosso blog e na nossa página do facebook para mais surpresas preparadas por essa equipe!

13410707_860104344094738_375831719_o

Fazendo Acontecer: saiba o que rolou no workshop!

Você já deve ter ouvido falar sobre gerenciamento de projetos, não é mesmo? No mundo corporativo, onde cada vez mais se é cobrado pela entrega rápida de projetos e resultados, é muito difícil manter a qualidade dos serviços e produtos.

Nesse contexto, métodos ágeis utilizados para o desenvolvimento de softwares, de carros e outros produtos são diferenciais que prometem aumentar a satisfação do cliente, ao mesmo tempo em que agrega maior valor ao produto final, através da alta qualidade e de menores prazos de desenvolvimento.

Pensando nessa nova perspectiva de produção, e sabendo que na faculdade pouco se fala sobre isso, o CEU foi à procura de alguém capacitado para apresentar essa nova ideologia aos alunos. Encontramos ninguém menos que Fernando Hideo, atuante e sócio proprietário da Firework, empresa que desenvolve web mobile e contribui com a visão estratégica e administrativa, além de gerenciar alguns projetos e equipes.

Através de um workshop rápido, o evento Fazendo Acontecer foi muito produtivo. Fernando apresentou os métodos mais modernos e usados nas maiores empresas do mundo como Google e Yahoo. O método Scrum, por exemplo, foi abordado com mais intensidade, visto que nosso “coach” havia instaurado essa estratégia numa empresa na qual foi diretor, conquistando resultados acima das expectativas.

O workshop foi fundamental para que os alunos pudessem tirar suas dúvidas sobre as metodologias, já que houve espaços para perguntas, além de aprimorar o conhecimento daqueles que já trabalhavam com estratégias semelhantes. Todos, com certeza, saíram do evento com a concepção estruturada sobre como implementar as metodologias nos projetos atuantes.

adm adm

Administração: a diretoria base!

Apesar de pouco se falar das atividades internas da Diretoria de Administração (ADM), é ela que está constantemente trabalhando para que tudo esteja sempre em ordem, possibilitando a realização das atividades e dos projetos organizados pelo CEU!

Considerada uma diretoria base, ADM está diretamente ligada ao núcleo no qual é elaborado o Estatuto, o Regimento Interno e o Registro Legal do CEU. Além disso, essa diretoria é responsável por formular e gerenciar os documentos – como trâmites legais e procedimentos burocráticos – e manter um histórico dos projetos. ADM ainda verifica e mantém o patrimônio do CEU supervisionando os orçamentos e controlando o fluxo de caixa, realizando balancetes das contas à pagar e receber. Ao trabalhar em conjunto com a Diretoria Presidencial, ADM também ajuda no desenvolvendo do Planejamento Estratégico do projeto (já já vamos falar mais um pouquinho sobre o que é esse tal Planejamento Estratégico! Fiquem ligados no blog!).

Atualmente a Diretoria de Administração do CEU é composta por quatro membros: Thiago Piovan, do 4º ano de Engenharia Civil; Katherine Laou, do 4º ano de Engenharia Elétrica; Fernanda Cunha do 2º ano de Engenharia Mecânica; e Vitoria Zanata, do 3º ano de Engenharia de Produção.

Apesar das tarefas dessa diretoria exigirem bastante energia, organização e dedicação, suas atividades geram muita experiência, agregando muito conhecimento – principalmente na área administrativa/financeira. Caso você se interesse pelas atividades realizadas por essa diretoria e tenha vontade de vivenciar essa experiência, essa é a hora de fazer parte desse time! As inscrições para o processo seletivo do CEU já estão abertas, e você pode se inscrever até o dia 12/06

inceu

Inceu: mais uma forma para você tirar seus projetos do papel!

O Centro de Empreendedorismo Universitário de Bauru traz mais uma novidade: a pré-incubadora de empresas, a Inceu. E ela está de portas abertas! O projeto é formado por jovens alunos e ex-alunos da Unesp que acreditam que, quando se tem uma ideia, nada é impossível.

Uma pré-incubadora visa capacitar novos e possíveis empreendedores para que consigam viabilizar a criação de um novo negócio a partir da formalização de uma ideia abstrata. Esse processo é a porta de entrada para uma incubadora, que pode oferecer suporte técnico e físico para novas empresas e Startups, ou seja, ideias que já passaram pela fase de validação e precisam apenas de uma forcinha para que possam ser implementadas.

No caso da Inceu, que é atrelada ao CEU, a pré-incubadora busca, por meio de workshops, palestras, cursos, direcionamentos e avaliações, fomentar o desenvolvimento de projetos. Desde sua concepção até a modelagem de um plano de negócios, a pré-incubadora visa dar o suporte necessário para que o projeto possa ser colocado em prática em curto prazo, seja por meios próprios, por meio de uma incubadora ou com a ajuda de investidores.

Periodicamente, equipes selecionadas recebem atendimento pela pré-incubadora, ganhando acesso a materiais didáticos, instrução e networking com pessoas experientes em pontos chaves para a elaboração de um plano de negócios. Em contrapartida, os membros das equipes contribuem com uma taxa simbólica, que visa manter a sustentabilidade do projeto.

As inscrições das primeiras ideias começam em breve e você pode encontrar mais informações sobre a Inceu nas páginas de Facebook do Centro de Empreendedorismo Universitário (https://www.facebook.com/ceubauru/).

A Inceu existe para que você ‘sonhe grande’ e acredite no seu potencial de empreender! Assim como nós a criamos e acreditamos que seria possível, queremos que você também tire seu projeto do papel e voe alto com a gente! 😉

TED X

TEDxUNESPBauru: Saibam um pouquinho dos Futuros Improváveis que rolaram na primeira edição!

Dia 21 de maio de 2016: ficou marcada na história a primeira edição do TEDx UNESP Bauru! Falando em nome da organização, talvez não seja possível mensurar o impacto que este evento teve para nós. Seja como cidadão, empreendedor, educador, profissionais de diversas áreas e, acima de tudo, como sonhadores e pioneiros, foi incrível conhecer a história de pessoas que, desde o início, não deixaram que as desculpas as limitassem, tornando um futuro improvável completamente possível. Depois de tudo o que ouvimos de nossos speakers, estamos transformados e aprendemos muito com cada um deles!

Ana Raquel foi a primeira palestrante e abriu lindamente o evento! Ela mostrou como construir um futuro possível. Ensinou a todos a valorizar nossas habilidades e não focar naquelas que perdemos durante nossa jornada, ou nas próprias limitações físicas com as quais nascemos. Nos mostrou que algumas barreiras muitas vezes vem em forma de uma oportunidade e a inclusão, a acessibilidade e a resiliência são essenciais para transformar sonhos em realidade.

Já o Bruno Aracaty, não se deixou abalar por aqueles que diziam que seu negócio nunca iria dar certo, que envolver o setor público era perca de tempo. Pelo contrário, ele acreditou na maior quantidade de cidadania na mão das pessoas e mostrou que com o uso de tecnologias é possível reunir colaboradores de todo o Brasil para soluções de problemas que estão saindo da invisibilidade.

Já Rafaela Cappai é atriz, bailarina, comunicadora e empreendedora criativa. Ela acredita que o processo de empreender tem a ver com se tornar uma pessoa melhor e ser capaz de criar um mundo melhor. Assim, Rafa nos mostrou como criar um capitalismo improvável e mais humanizado. Com –Competição + colaboração, +criação – consumo, + propósito – Status, entre outras atitudes, sendo a principal delas: um capitalismo com -EU e + NÓS.

Como disse nosso exímio apresentador do evento Kim Archetti, o próximo speaker a espalhar suas ideias foi “o mestre, o mago, o mito Paulo Gurgel Pinheiro”. Com muito brilho nos olhos, mostrou para todos que ama e acredita naquilo que faz. Paulo contou sobre o desafio de criar um programa que auxilia em tempo real a mobilidade de cadeirantes. A solução veio de um sorriso que pode te mover para frente na vida.

Confira o video do Paulo no link :https://www.facebook.com/paulopine/videos/vb.100001771067531/967203910015302/?type=3&theater

Uma pessoa completamente singular, humilde, bem humorada, catador desde o ventre da sua mãe. Sérgio Bispo, mais conhecido como Bispo Catador, caminhou e caminha por esse mundão catando não só materiais recicláveis, mas amor, conhecimento, família e mudanças para sua vida. Ele nos deu uma lição de vida e nos ensinou que o lixo não existe e quão importante é dar visibilidade e reconhecimento ao trabalho dos catadores de rua.

Durante o coffe break, rolou muto network! Os participantes do TEDx conhecer melhor nossos speakers e compartilhar seus pensamentos em um varal de ideias. O coffee ainda contou com música ao vivo, ao som de Gustavo Guareli, aluno de Engenharia Civil na Unesp de Bauru. Teve também uma ação social, o Pimpex, que reformou a carroça de um catador de Bauru: seu José Roberto Ferreira dos Santos.

Logo após o intervalo, foi a vez da dupla Cetúlio Martinez, da Colômbia, e do brasileiro Rafael Rodrigues. Aventureiros, os dois se encontraram nos EUA e estavam determinados a realizar um projeto social na África. Foram atrás desse sonho e nessa jornada conheceram Okondwa. “Okondwa é juntos podermos fazer muito mais do que já fazemos, okondwa é viajar longe para encontrar a si mesmo…. É reunir crianças, jovens e idosos que, mesmo com tantos problemas, ainda tem energia, alegria e sorrisos”.

Fabiane Regina, mulher guerreira, diretora pedagógica do Projeto Formiguinhas em Bauru. Com os pés descalços, ela nos contou a história de uma menina que, assim como a flor de Lótus brota do impossível, logo germina e cresce com toda sua beleza e maestria. Fabiane nos mostrou que as possibilidades existem e se fazem presentes, mas basta querer abrir o coração para transformar, vivenciar e acreditar em fazer a diferença.

Bricio Loureiro, comediante, unespiano até morrer! Depois de 11 anos, pisou novamente na amada UNESP de Bauru. Ele mostrou a importância de se buscar a paz interior. ara Brício, o amor supera tudo, inclusive seu acidente em 2010. Exemplo de superação, ele também nos contou um pouquinho sobre como foi voltar a “sobreviver” após ficar tetraplégico.

Agora imaginamos que a próxima speaker, com uma aparência feminina, afirmasse para todos que no lugar da vagina, tinha um pênis. E, ainda, se ela falasse que ao invés de gostar de homem, gostasse de mulher? Ana Carla Vieira, mais conhecida como Pitty, quebrou alguns tabus ao tratar de sexualidade e, mais que isso, sexualidade com pessoas autistas. Apesar dos questionamentos, ela é branca, cis, hétero, classe média, um pessoa “privilegiada”. Entretanto, Ana questiona como as pessoas excluem os autistas, minimizam suas potencialidades e invisibilizam sua sexualidade.

Por fim, Wellington Vitorino, encerra a jornada de apresentações desse grande dia. Carioca, empreendedor desde criança, já vendia picolé nas praias do Rio de Janeiro. Ele, que construiu duramente sua jornada, agora fala sobre o Brasil que ele quer para viver. Trouxe o case de seu projeto, o ProLíder, que visa discutir o cenário brasileiro, com debates e dinâmicas, com o objetivo de desenvolver jovens para assumir os desafios da gestão pública. Wellington acredita muito no protagonismo jovem para a transformação do país.

Mas não podíamos deixar de citar a figura ilustre de Kim Archet, nosso mestre de cerimonia, comediante, amante do riso. Ele foi o responsável por conectar todas as histórias e ideias ouvidas neste sábado, nos emocionou, compartilhou conosco um pouco dos desafios de sua carreira, e não deixou nem por momento sumir o sorriso do rosto de cada um que estava presente. Muito obrigado, Kim, por fazer parte disso tudo conosco! Um agradecimento especial também para toda a equipe organizadora: por cuidar de cada detalhe, pela dedicação, perseverança, por proporcionar esse evento épico que ficará na história da UNESP de Bauru!

20160507_180217

O Desafio do Ensino Médio está a mil!

O Desafio De Ensino Médio é um projeto desenvolvido pelo CEU, com o intuito de promover a cultura de inovação entre jovens e adolescentes. Nessa edição, tivemos 61 equipes inscritas, com a participação de 260 alunos e 21 educadores. Sucesso total!

Nas últimas semanas, completamos mais uma etapa do Desafio! Foram 10 equipes selecionadas e agora os alunos do CTI (Colégio Técnico Industrial), FourC, Rembrandt COC e Escola Estadual Faryd Fayad estão preparando seus projetos finais. A viabilidade e a inovação foram os principais critérios de avaliação utilizados.

A galera é tão criativa que todos os temas que poderiam ser trabalhados pelos alunos no Desafio estão entre os finalistas! Vamos relembrar quais eram eles? As ideias precisavam estar ligadas à saúde, acessibilidade, educação, tecnologia e sustentabilidade.

E não para por ai! No dia 07 de maio foi realizado um treinamento com os desafiantes e com os professores. O Tarcisio, da Eletrize, realizou um workshop com os temas de Validação de Ideia, Mínimo Produto Viável – MVP e Pitch. Essa capacitação irá ajudar os alunos a colocarem seus projetos em prática e a fazerem uma super apresentação na grande final. Além disso, após o workshop, as  Empresas Juniores Ativus, Design Júnior, Jr.COM e RPjr, juntamente com membros do CEU, realizaram uma mentoria com os finalistas para tirar dúvidas e ajudá-los a pensar em soluções para os problemas encontrados em seus projetos.

A final será realizada em junho, no Anfiteatro Guilherme R. Ferraz (Guilhermão) na Unesp de Bauru. Nesse dia tão especial, as equipes irão mostrar o quão viável são suas propostas através de ferramentas aprendidas e com a realização do Canvas (que também foi ensinado no workshop do dia 07). Uma banca de jurados irá avaliar os projetos e decidir quais as três melhores equipes que receberão as premiações da Geekie, Árvore de Livros e Classapp.

Curtiram o projeto? Acessem a nossa fan page www.facebook.com/desafiodoensinomedio para acompanhar de perto as novidades e fiquem ligados no nosso blog! Postaremos tudinho sobre a final!

IMG_0516

Qualidade, a diretoria da otimização!

Um termo novo que vem sendo explorado pelos projetos da Unesp: o quesito Qualidade também tem sido discutido no Centro de Empreendedorismo Universitário! O CEU, que aos poucos está se estruturando, notou a necessidade da criação de uma diretoria que prezasse pela organização e pela valorização de todos os processos internos do projeto. Assim como a diretoria de Gestão de Pessoas, que vocês conheceram há pouco tempo aqui no nosso blog, a diretoria de Qualidade também é novidade no CEU. Atualmente, essa diretoria é composta pelo Gabriel Mazzafera, 22 anos, do 4º ano de Engenharia Mecânica e pelo Leonardo Naddeo, 18, do 2º ano do mesmo curso.

Mas, afinal, qual a função dessa diretoria? Os meninos do núcleo de Qualidade são responsáveis pela análise e padronização dos processos internos dentro do CEU, acompanhando outras diretorias em suas áreas de atuação. Para isso, a diretoria de Qualidade busca recursos e ferramentas como, por exemplo, o ciclo PDCA, o diagrama de Ishikawa, análise SWOT, etc (em breve, falaremos mais um pouco sobre essas ferramentas aqui no blog, fiquem ligados!).

Além disso, junto com a diretoria Presidente, Qualidade também é responsável pelo auxílio no encaminhamento do Planejamento Estratégico do CEU, com o objetivo de assegurar o alinhamento das operações construídas por todas as outras diretorias. Através disso, é desenvolvido o QualiCEU, produto que avalia o CEU como um todo.

Já deu pra perceber que fazer parte dessa diretoria não é fácil, não é mesmo? É preciso muito trabalho e dedicação para garantir o melhor de todos os projetos desenvolvidos pelo CEU, e também para otimizar nossa forma de trabalho!

Se identificou com essa diretoria? Em breve, o CEU abrirá um novo processo seletivo! Continuem acompanhando nosso blog para ficar por dentro de tudo o que está rolando nesse projeto que só cresce!

 

pesquisa-de-mercado

Pesquisando pelo Campus: Conhecendo melhor o que os estudantes buscam

Você já deve ter reparado que o campus da UNESP Bauru é sempre recheado de eventos, palestras e atividades extra curriculares. O CEU, pensando em promover a cultura do Empreendedorismo dentro do nosso campus, também tem investido em palestras, workshops e diversos tipos de projetos para os universitários de Bauru. Mas, ainda mais importante do que realizar essas atividades, é entender se o nosso público está satisfeito com o que estamos oferecendo e, sobretudo, conhecer esse público e o que ele busca. Pensando nisso, a diretoria de Comunicação do CEU fez uma pesquisa para conhecer melhor a comunidade universitária bauruense e medir como o CEU está sendo visto por essas pessoas. O resultado nos surpreendeu tanto que decidimos compartilhá-lo com vocês!

A pesquisa teve foco nos alunos da Unesp Bauru e, logo de primeira, nos mostrou que cerca de 58% dos unespianos conhecem o CEU através dos seus próprios amigos ou por eventos que realizamos. Quando perguntamos o que o nosso projeto faz, as respostas foram bem acertivas! Ficamos felizes em saber que a galera têm visto que realmente incentivamos a cultura do empreendedorismo dentro do campus, sendo um elo entre a universidade e o mercado. A galera também se mostrou interessada em participar de eventos que mostrem a importância do empreendedorismo na vida das pessoas, que estimulem a inovação, etc. Os entrevistados também se mostraram muito animados em relação ao TedX, evento do qual integrantes do CEU estão ajudando a organizar aqui no campus de Bauru!

Mas um dos temas mais levantados durante a pesquisa, foi a falta de palestras sobre algumas áreas específicas, em alguns cursos da Unesp. Grande parte dos entrevistados disseram que sentem falta de informações sobre as suas próprias futuras profissões.

Bom, para finalizar, gostaríamos de agradecer a todo mundo que nos ajudou respondendo essa pesquisa! Além de captar a visão que os alunos tem do Centro de Empreendedorismo Universitário, a pesquisa também nos ajudou a compreender o que vocês estão buscando dentro da Universidade, e isso com certeza nos deu várias ideias legais para colocarmos em prática logo mais! Com tanta coisa boa que descobrimos, agora é possível tentar nos conectarmos cada vez mais e, juntos, buscarmos melhorias na nossa Unesp!

Continuem ligamos no nosso blog que logo logo vem novidade por aí! 😉

13214883_10209398483986902_1333025191_o

Chegou a hora de tirar as ideias do papel!

Todos nós guardamos um sonho que parece estar cada vez mais distante de se realizar, não é mesmo? Para isso, precisamos dar o primeiro passo. O LabX é um programa de desenvolvimento de liderança, realizado pela Fundação Estudar, exatamente para isso! Além de nos ajudar a refletir sobre o nosso sonho grande, o programa quer motivar as pessoas a se conectarem para tirarem suas ideias do papel! Pela segunda vez em Bauru, o LabX aconteceu em dois módulos durante o mês de maio. Com a ajuda do CEU, 26 jovens se juntaram para desenvolver o espírito de liderança e, finalmente, começar a colocar suas ideias em prática!

Durante o primeiro módulo, os participantes foram instigados a saírem da sua zona de conforto e buscarem, através de dinâmicas interativas, qual seria o sonho grande de cada um. Cláudio Buarque, da Fundação Estudar, ajudou todos nossos jovens a terem o ”insight” que lhes faltava. Ao final do primeiro módulo, com os sonhos já definidos, foram designadas algumas tarefas aos participantes, chamadas de ”saltos”. Esses saltos deveriam ser trabalhados no intervalo entre um módulo e outro.

O Segundo Módulo, por outro lado, tinha como pilar o protagonismo, ou seja, os participantes deveriam expor quais foram suas experiências, técnicas e meios utilizados para a efetivação do sonho grande, trazendo ainda mais a responsabilidade para si. O convidado especial, Marcelino Lopes, proprietário da Prumus Consultoria, foi fundamental para complementar o propósito do programa. Ao contar sua história de vida, inspirou e motivou a galera a refletir sobre o comportamento de um verdadeiro líder!

Desde 2012, o LabX já impactou mais de 1800 jovens que agora estão mais perto de realizarem o seu sonho grande! Bauru já formou a sua rede agentes de transformação! Continuem ligados no nosso blog que logo mais traremos outros eventos para te inspirar a tirar os seus projetos da gaveta!

Diretoria de Comunicação

 

IMG_0511

Você sabe o que faz a diretoria de Presidência do CEU?

Embora as palavras “presidente” e “vice-presidente” remetam a altas patentes de poder, no CEU a presidência tem outro significado: está no mesmo nível de todos os demais membros. Se todas as diretorias do CEU estivessem dispostas em um formato circular, uma ao lado da outra, a diretoria presidente se localizaria no centro desse círculo. Mas se engana quem pensar que essa analogia se deve pelo fato da Presidência ser uma direitoria central: na verdade, ela está igualmente próxima de todas as outras diretorias, podendo, assim, ajudá-las 😉

Atualmente, a Presidência do CEU é composta pelo Felipe Mascarenhas, 22 anos, aluno de Engenharia Mecânica da Unesp Bauru, e pelo Raphael Trombini, de 19 anos, de Engenharia Elétrica. Ambos tem a responsabilidade de construir o planejamento estratégico – PE (Ops! Já ouviu falar sobre o PE? Logo mais traremos mais informações sobre ele no blog!) e pela sua execução. Além, é claro, de dar suporte e auxiliar todas as outras diretorias.

O presidente do CEU é o responsável pelas tarefas mais ”externas”, ou seja, atividades como levar o nome do projeto para fora do grupo, fazer o intermédio, muitas vezes, entre o CEU e as empresas juniores, professores, diretores das faculdades e possíveis parceiros fora da Unesp também. Já o vice-presidente, é responsável pela organização interna do projeto, trabalhando próximos às diretorias e servindo de ponte entre elas, quando necessário.

E ai, agora ficou mais claro o que a Presidência realmente faz no CEU? Fiquem ligados! Toda segunda-feira é dia de conhecer uma nova diretoria do nosso projeto!