Author: Ceu

16143449_1846819125603878_4075327413633495955_o

Unesp Talks: Cidades Inteligentes

Conheça o UNESP TALKS, o novo projeto do CEU:

O Unesp Talks é uma iniciativa que visa abrir espaço para a discussão de temas gerais por meio do debate entre pesquisadores da Unesp.

O principal objetivo é incentivar a população bauruense a debater e se inteirar sobre diferentes temas, trazendo um olhar dos especialistas da comunidade acadêmica unespiana. Assim, buscamos proporcionar uma oportunidade para que a sociedade tenha acesso a um conteúdo novo, útil e inspirador.

Conheça o tema da primeira edição do Unesp Talks:

Cidades Inteligentes

smart-cities-e1435236113676

Você sabe o que são Cidades Inteligentes?

Cidades Inteligentes ou Smart Cities são comunidades interativas que usam energia, materiais, serviços e financiamento a favor do desenvolvimento econômico e da melhoria na qualidade de vida de seus cidadãos.

São consideradas “inteligentes” pelo uso de estratégias e grande planejamento na utilização de recursos tecnológicos e arquitetônicos. A ideia é criar ambientes eficientes, participativos, criativos e principalmente, sustentáveis.

Cidades Inteligentes no Brasil: onde estão?

Rio de Janeiro: O rio é a cidade brasileira mais inteligente e conectada do Brasil. A cidade possui grandes projetos e investimentos que visam um espaço útil, acolhedor e seguro. O principal objetivo é manter o conceito de cidade integrada, valorizando bairros que não se encaixavam no roteiro turístico, conectando assim, outras regiões e os próprios cariocas.

São Paulo: nossa querida São Paulo é a segunda cidade mais inteligente do Brasil. A metrópole tem grande destaque no quesito mobilidade (transporte urbano, acessibilidade e conectividade). O conceito da cidade ainda passa por grandes transformações em relação a seus moradores já que a mesma teve seus espaços privatizados por muito tempo.

Belo Horizonte: A capital de Minas Gerais aparece como a terceira cidade mais inteligente do Brasil. A cidade ganha grande destaque no seguimento de Meio Ambiente. Nos últimos anos, BH tem demonstrado um grande investimento em ações que contemplam áreas estratégicas para um crescimento sustentável.

Sobre o Jardim Botânico (Site: http://jardimbotanicobauru.com.br/)

jardim-botanico-jbbauru

O Jardim Botânico Municipal de Bauru – JBMB, foi criado em 4 de Março de 1994 na área do antigo Parque Ecológico Tenri Cidade Irmã. Possui uma área de 321 hectares, com predominância de cerrado, além de fragmentos de floresta estacional semidecídua e vegetação paludosa.

As atividades e estruturas do JBMB são direcionadas à conservação da diversidade de plantas, educação ambiental, pesquisas científicas e lazer.

O JBMB mantém coleções de plantas vivas de orquídeas, bromélias, samambaias, plantas aquáticas, plantas medicinais, bambus, árvores, palmeiras e trepadeiras.

E nada melhor do que o Jardim Botânico que mostra tanta diversidade, sustentabilidade e preservação do meio ambiente para fazermos nosso evento, então não perca essa oportunidade para participar desse evento que terá muito conteúdo bom num espaço privilegiado.

Diretoria de Projetos 

 

 

15673569_1247526251995035_4634246_n

Adeus ano velho, feliz ano novo

As festas de fim de ano estão chegando e nada melhor do que reservar esse momento para renovar e recarregar as energias, não é mesmo? Por isso, nosso blog fará uma pequena pausa durante o período de Natal e Ano Novo para retornar com todo gás em 2017, na segunda semana de janeiro.

Porém, estar de férias não significa ficar parado, muito pelo contrário. Aliás, essa época do ano é ideal para revigorar nossos sonhos e esperanças, sempre com a expectativa de um Ano Novo ainda melhor. Aproveite as confraternizações e o clima de união, que só esse momento proporciona, para compartilhar suas ideias, ouvir sugestões e jogar conversa fora. Isso é um prato cheio para ascender sua criatividade e despertar o desejo de inovar.

Mas, além de tudo isso, que tal reservar um tempo só para você, ampliando seus conhecimentos e buscando inspirações para concretizar seus desejos? Foi pensando nisso que fomos atrás de indicações de livros, documentários e filmes para você se motivar ainda mais. Confira abaixo.

Filmes

  1. Joy: O Nome do Sucesso (2015)
  2. A Teoria de Tudo (2015)
  3. O Jogo da Imitação (2015)
  4. Steve Jobs (2015)
  5. O Lobo de Wall Street (2014)
  6. Chef (2014)
  7. A Rede Social (2010)
  8. Amor Sem Escalas (2009)
  9. À procura da Felicidade (2006)
  10. O Aviador (2004)
  11. Como Enlouquecer Seu Chefe (1999)
  12. Jerry Maguire – A Grande Virada (1996)
  13. The commitments – Loucos pela Fama (1991)

Documentários

  1. Tony Robbins: eu não sou seu guru (2016)
  2. Um Ano em Champagne (2015)
  3. The True Cost (2015)
  4. Iris (2014)
  5. Pump – Histórias do Petróleo (2014)
  6. Print the Legend (2014)
  7. Atari: Game Over (2014)
  8. Burt’s Buzz (2014)
  9. Jiro Dreams of Sushi (2011)

Livros

  1. “The Hard Thing About Hard Things”, Ben Horowitz
  2. “Rápido e Devagar: Duas Formas de Pensar”, Daniel Kahneman
  3. “Criatividade S.A.”, Ed Catmull
  4. “O Jeito Disney de Encantar Clientes”, Disney Institute
  5. “How Google Works”, Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg
  6. “Abílio – Determinado, Ambicioso, Polêmico”, Cristiane Correa
  7. “The Dip”, Seth Godin
  8. “Novos Negócios Inovadores e de Crescimento Empreendedor no Brasil”, Silvio Meira
  9. “The Road to Character”, David Brooks
  10. “Traction: A startup guide to getting customers”, Gabriel Weinberg, Justin Mares
  11. “Give and Take”, Adam Grant
  12. “Jab, Jab, Jab, Right Hook”, Gary Vaynerchuck

O CEU deseja a todos um Feliz Natal, repleto de paz e alegria. E que este ano que se inicia seja recheado de muitas realizações. Boas festas e até 2017!!!

Fontes: Endeavor – “12 livros que farão de você um empreendedor excepcional em 2016”, Endeavor – “10 documentários para empreendedores escondidos na Netflix”, Pequenas Empresas & Grandes Negócios – “7 filmes de motivação para empreendedores” e Exame.com – “10 filmes que todo empreendedor deveria ver”.

modos-simples-ampliar-rede-de-contatos-noticias

Networking: você gerencia o seu?

Apesar do nome complicado, networking consiste, basicamente, em uma rede de contatos onde os participantes compartilham de um interesse comum. Muitas pessoas acabam realizando um networking sem mesmo saber, enquanto outros praticam de forma equivocada.

Um bom networking requer atenção e reciprocidade, pois geralmente se estende a longo prazo e é justamente por ser uma relação benéfica para ambos que ela se sustenta. Como a construção relacionamentos positivos é importantíssimo para qualquer empreendedor, buscamos algumas informações e dicas para que você gerencie de forma estratégica e eficaz essa ferramenta social.

Pratique de forma recorrente

Como o networking aumenta as oportunidades de negócio, é interessante ter uma prática constante e não depender esporadicamente de eventos. Além disso, um relacionamento comercial pode surgir em diversos contextos, por isso, esteja preparado para perceber as ocasiões em que possa haver um estreitamento no contato.

Preocupe-se com a qualidade, não com a quantidade

Você precisará desprender muita atenção para os participantes de sua rede de contatos, por isso ter muitos pode acabar se tornando inviável e prejudicar a relação de vocês diante uma possível generalização. Isso significa que distribuir seu cartão de visitas e adicionar várias pessoas em suas redes sociais online nem sempre será uma boa estratégia. É fundamental avaliar previamente o potencial da construção dessa relação, ou seja, nem todo contato precisa fazer parte da sua rede. Portanto, saiba ser seletivo.

Mantenha proximidade, mas não force

É muito importante se fazer presente na rotina do seu contato. Por isso, busque estabelecer uma comunicação recorrente, demonstrando dedicação à sua rede. No entanto, não exagere, pois isso pode resultar negativamente nos seus negócios. Forçar um contato, sem a mesma reciprocidade, pode ser um indicativo de que você esteja considerando você como fonte única de motivação. Saiba respeitar e dar espaço quando algum contato da sua rede não possui o mesmo interesse ou tempo que o seu.

No fim, o bom senso e a cordialidade devem sempre prevalecer. Estabeleça uma boa comunicação com sua rede, assim como saiba ouvir e valorizar o outro. Um networking sólido e bem gerenciado pode render muitos frutos e trazer muitas oportunidades para o seu negócio, podendo ser imprescindível para o crescimento do seu empreendedorismo.

Textos de apoio: “Networking: dar para receber” – site Evio e “Entenda a importância do Networking para sua empresa” site Endeavor.

 Diretoria de Comunicação

redes-sociais

Torne as redes sociais online uma aliada para o seu negócio

Nos dias de hoje, as redes sociais online estão presentes em vários contextos e estão tão inseridas em nossas vidas que determinam diversas formas de relacionamentos. E não seria diferente no relacionamento entre consumidores e empresas. As organizações, independente da sua essência, foram levadas a adotarem uma nova postura para se adaptarem em uma sociedade conectada e clientes cada vez mais críticos diante a abertura de espaços virtuais para manifestação.

Ainda que as redes sociais online sejam uma excelente ferramenta para atingir objetivos distintos, se ela não for gerenciada estrategicamente pode se tornar uma vilã para o seu empreendedorismo, principalmente nos negócios pequenos e/ou iniciais.

Por isso, empreendedor de plantão, para te ajudar nessa missão de impulsionar seu negócio, selecionamos algumas dicas essenciais para tornar as redes sociais online sua aliada nesse processo. E ah! Isso vale para todos os tipos de empreendedorismo, seja de serviço, produto ou de cunho social.

Criar ou não criar, eis a questão

Ter, ao menos, uma rede social online é essencial atualmente, tanto para divulgar seu negócio, quanto para aumentar sua credibilidade. É muito comum a busca dos internautas nas redes sociais quando querem conhecer mais sobre uma empresa e, quando não encontram, a imagem construída da sua marca pode ser negativa. Poderia vir ser interessante a presença em mais de uma rede social virtual, mas antes de ampliar sua presença, consolide-se bem em uma, ou tenha um planejamento muito bem estruturado. Por isso, atenção: ao criar um perfil online é importantíssimo seguir as dicas abaixo para que sua aparição virtual não se torne sua vilã.

Atualizar as informações é essencial

Nada mais frustrante para um internauta do que acessar o perfil online do seu negócio, mas encontrar informações desatualizadas. Isso, ao invés de impulsionar seu negócio, pode prejudica-lo. Por isso, atente-se aos pequenos detalhes. Número de telefone, localização, site e outras dados precisam estar sempre atualizados.

Manter uma periodicidade é fundamental

Entrar em uma rede social online e visualizar que a última publicação foi há 1 mês, ou mais, cria uma imagem negativa do seu negócio. Por isso, manter uma periodicidade é tão importante quanto atualizar as informações e, para tal, faça uma gestão de conteúdo para que seu perfil se mantenha sempre interessante. Escolha quantas vezes por semana você irá fazer postagens, o horário da publicação e a temática para cada dia.

Dialogar sempre que possível

Aproveite esse espaço para se aproximar do seu público. Ainda que as empresas sejam divergentes quanto a responder comentários, ou excluir reclamações, é possível transformar um consumidor insatisfeito em um cliente leal. Por isso, reflita sobre suas limitações e oportunidades, mas mantenha sempre um padrão para não tratar de forma diferente os internautas.

Claro que essas são apenas algumas dicas iniciais e muitas outras também poderiam alavancar seu negócio. O objetivo é despertar em você algumas noções de gerenciamento de redes sociais online para que estas sejam suas aliadas e não vilãs. Por isso, essas dicas te ajudam a evitar que o perfil virtual do seu negócio seja uma desvantagem para o seu empreendedorismo.

Para aprimorar cada vez mais sua presença virtual, procure um profissional da área para que ele te ajude a escolher desde qual rede social online se cadastrar até quais conteúdos publicar. Não perca tempo, torne as redes sociais online sua aliada e impulsione seu negócio.

Diretoria de Comunicação

aaeaaqaaaaaaaanwaaaajdbhmmm3mze4ltdinwutndg2nc1hnjgwlteyyzewnta2ndy2zg

10 Características de um bom profissional da área de Administração.

O mercado está cada vez mais exigente e atender as expectativas dos empregadores requer  dedicação; uma boa formação acadêmica; estar disposto a correr atrás dos seus objetivos; e comprometer-se a buscar os melhores resultados para a empresa. Mas e o profissional de Administração, quais são as características exigidas pelo mercado para essa área?

Além dos conhecimentos técnicos e teóricos que se obtém na graduação em Administração, algumas habilidades e características específicas são indispensáveis em um administrador. Com elas, é possível se destacar como um bom profissional e obter sucesso em sua carreira.

1) Ser comunicativo

Realizar a comunicação entre os diversos setores e departamentos de uma empresa, a fim de alinhar as estratégias e fazer com que tudo flua conforme o planejado. Além de coordenar e liderar uma equipe, administrar palestras, reuniões e apresentações de resultados.

2) Ser um bom líder

Saber motivar e incentivar as pessoas da maneira correta, estimular seus liderados a buscar se aprimorar constantemente, e a compartilhar seu conhecimento e experiências com outras pessoas.

3) Saber trabalhar em equipe

Para trabalhar bem em equipe é necessário ter flexibilidade e empatia, saber ouvir outras ideias, opiniões, saber contornar dificuldades, reconhecer o bom trabalho de outros membros, e aceitar tarefas e responsabilidades que lhe foram designadas.

4) Sabe argumentar

Defender suas ideias e planejamentos, apresentando suas linhas de raciocínio de maneira coerente e conectada com informações baseadas em dados reais e palpáveis, com exemplos práticos, aumentam as chances do administrador de obter êxito de maneira significativa.

5) Ser organizado

Um bom administrador é uma pessoa organizada, e utiliza diversas ferramentas e aplicativos tecnológicos que o auxiliam na organização de dados, informações e resultados.

6) Ser empreendedor

Ter um espírito e uma mentalidade empreendedora é característica essencial dos bons administradores nos dias atuais. Empreender é ter um objetivo claro, metas a serem alcançadas e estratégias definidas de como chegar lá, é agir em direção ao que se deseja.

7) Ser criativo e inovador

Um administrador que seja criativo e que tenha a capacidade de trazer inovação para a empresa é extremamente valorizado hoje em dia. Uma pequena ideia ou mudança que possa trazer benefícios e melhorias para a empresa já é o suficiente  para um administrador ser criativo e inovador.

8) Possuir Iniciativa

Serve para tornar as idéias boas em prática. É agir com velocidade e inovação,  oferecendo ajuda para resolver situações difíceis e imprevisíveis.

9) Ter habilidade com números

O bom profissional da área tem, necessariamente, afinidade com números e cálculos, pois terá que dominar o assunto para que possa administrar e gerir com excelência questões relacionadas a finanças, planejamento financeiro, fluxo de caixa, investimentos financeiros, análise de mercado e indicadores econômicos.

10) Possuir visão sistêmica

É necessário ter uma visão sistêmica de toda a empresa, que ele saiba como tudo funciona, de uma maneira ampla, pois o administrador será o responsável por fazer a comunicação e a ligação do setor onde trabalha com os demais setores da companhia.

Todas as características necessárias para se tornar um administrador de sucesso podem ser desenvolvidas com treino e planejamento. Todo administrador pode melhorar suas habilidades, suas ferramentas, a fim de tornar seu perfil cada vez mais atrativo para as grandes empresas e obter reconhecimento profissional.

we-can-do-it

Mulher – dona do seu negócio

Hoje, o texto é para as mulheres, que sabem que o lugar da mulher é onde ela quiser, inclusive em seu próprio negócio, sem depender de ninguém, sendo ela mesma e lutando pelos seus objetivos. A mulher não é um ser frágil, ela tem muita criatividade, paciência, estratégia e sabe muito bem onde quer chegar. Queremos mostrar que o cenário empreendedor feminino vem crescendo cada vez mais, mas isso não significa que não seja desafiador e que as barreiras sociais pararam de existir, ainda existe muitos entraves quando elas iniciam ou mantem seus próprios negócios.

Atualmente, cerca de 30% de todos os negócios privados no mundo são gerenciados ou foram criados por uma mulher, esse percentual seria bom se todas essas empresas  fossem de alto impacto e que rendessem muito sucesso, porém isso não acontece, e um  dos motivos mais comuns é que as instituições financeiras não investem o mesmo valor num negócio liderado por uma mulher comparando a um negócio liderado por um homem, isso faz com que menos de 10% das empresas comandadas por mulheres recebam investimento externo, e se houvesse de fato o mesmo investimento que é dado a empresas lideradas por homens, gerariam 6 milhões de empregos ao longo de 5 anos.

A luta pela diversidade de gênero nas organizações é constante, na teoria tudo é muito bonito, mas os percentuais mostram que o crescimento de cargos liderados por mulheres é muito baixo, fazendo com que o mercado seja praticante de uma cultura machista que não luta por uma igualdade de gênero, tanto em cargos como em salários.

A mudança de cenário é necessária e tem que se fazer presente desde a educação básica. A sociedade não é composta apenas de homens, as mulheres querem ser valorizadas pelo o que elas são, por suas qualidades como uma profissional e não pelo seu modo de vestir ou ser julgada frágil.  A fragilidade parte de um pensamento machista e opressor, as mulheres são muito mais do que os homens imaginam, elas lideram com muita responsabilidade e organização, as características são divergentes, cada uma tem um qualidade super importante que fará diferença em qualquer tipo de organização, ou em seu próprio negócio.

Baseado no texto: “Lugar de mulher é nos negócios” –  site Endeavor.

Diretoria de Comunicação.

1

Fique por dentro da análise SWOT

A Diretoria de Qualidade é responsável pela organização do crescimento do CEU e, para isso, utiliza de várias ferramentas para  auxiliar esse processo, uma delas é a análise SWOT.

A análise SWOT foi desenvolvida nos EUA na década de 60 e é hoje um método utilizado por muitas empresas do mundo para a formulação de planejamentos estratégicos, principalmente antes de determinar o futuro da empresa. Ela tem como objetivo analisar as atuais situações que podem influenciar o propósito ou os objetivos da empresa, como, por exemplo, na escolha de uma estratégia ofensiva ou defensiva. Ou seja, ela ajuda a identificar o momento certo para crescer ou o momento no qual a empresa passará por dificuldades.

O nome SWOT significa em inglês: “S” (strenghts) forças; “W” (weaknesses) fraquezas;  “O” (opportunities) oportunidades  e “T” (threats) ameaças , sendo que essas áreas são separadas, respectivamente, pela análise interna e externa dos elementos que influenciam uma empresa.

Forças (interno): são elementos que trazem benefícios para o negócio e que estão sob o controle da empresa, como a união da equipe ou uma localização privilegiada. As forças podem ser infinitas, mas é importante focar no que realmente faz a diferença.

Fraquezas (interno): são elementos  que atrapalham o negócio, são características que não ajudam na missão da empresa, como tecnologia ultrapassada ou produto de baixa qualidade.

Oportunidades (externo): são situações fora do ambiente da empresa que podem acontecer e afetar positivamente o negócio, como uma nova lei ou um produto complementar.

Ameaças (externo): são situações  que podem atrapalhar e, assim como as oportunidades, estão fora do controle, como a escassez de mão de obra.

E aí? Seu negócio já tem uma análise SWOT? Se sim, busque sempre atualizá-la e, se não tiver, não perca tempo! Estruture suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças para desenvolver ainda mais sua empresa.

#FicaADica

Diretoria de Qualidade

randstad-2-para-site

A importância da diversidade para seu negócio.

Um ponto muito importante para melhor desenvolver uma organização é a diversidade presente dentro dela. A partir disso, nascem novos valores, tolerância e opiniões para a resolução de crises ou mesmo para inovações.

Quando tratamos de profissionais com diferentes culturas e ideologias, acontece um enriquecimento da cultura organizacional da empresa, visto que sem isso é criado uma cultura homogênea pelas pessoas que seguem a mesma linha de pensamento padronizado no perfil das organizações, levando sempre as coisas ao mesmo ponto.

Pessoas com direcionamentos diferentes ajudam a conquistar as metas e objetivos da organização criando novos caminhos e muitas vezes mais eficazes que o de costume. A diversidade contribui até para o crescimento das pessoas que trabalham nessa organização, que em contato com outras ideologias acabam conhecendo mais realidades, e tendo melhor aceitação fora daquele contexto.

Isso faz com que o ambiente de trabalho seja melhor, e que cada pessoa tenha seu potencial individual reconhecido, pois quando colocado junto com outras pessoas com ideologias diferentes, nascem novas formas de pensamento fazendo com que novas ideias surjam, contribuindo para o enriquecimento e crescimento da organização.

O empreendedor e empresário não podem deixar isso de lado, pois sem uma gestão da diversidade dentro de sua organização não haverá um crescimento enriquecedor para seu negócio, é necessário possuir uma empresa com pessoas diferentes umas das outras, porque essa integração contribui para uma imagem positiva e experiências de grande valia tanto para o público interno como externo, os quais a empresa atinge.

Diretoria de Gestão de Pessoas.

 

sqf101focus-720x340

Empreender, ser universitário e economizar – Como?

Nós que somos universitários(as)  sabemos bem como é necessário economizar e fazer com que o nosso dinheiro renda mais, e quando queremos iniciar um projeto empreendedor necessitamos de um controle muito maior para aprender a poupar para assim investir em algo para o nosso futuro. Tudo requer comprometimento e economia, quer saber como fazer tudo isso? Separamos algumas dicas super legais e de grande ajuda para nós, futuros empreendedores (as).

Começamos por aquilo que muitas pessoas acham desnecessário, mas que tem uma grande importância, principalmente quando você quer ter controle sobre o que sai e entra no seu caixa, é a planilha de gastos, você pode tanto fazê-la pelo Google drive e compartilhar com as pessoas que estão fazendo parte do seu projeto, podendo atualizá-la de forma online, como também usar o Excel, que tem uma grande utilidade. Lembre-se de colocar os custos fixos e variáveis, mesmo que você considere supérfluo algo que tenha comprado.

Não esqueça da segunda dica, faça duas planilhas, uma para gastos do seu negócio e outra para seus gastos pessoais, não esqueça de dividir essas duas, se não tudo se torna uma grande bagunça e você não saberá quanto está investindo em seu negócio.

A terceira dica é ser organizado(a), a organização é muito importante para que seu negócio ocorra da melhor forma possível. Especificar suas despesas e anotá-las todos os dias, tornando esse processo uma rotina, faz com que tudo seja contabilizado de forma correta, fazendo com que haja uma economia ao longo dos meses.

Para finalizar nosso texto em grande estilo, temos várias dicas de programas que te ajudam muito nessa parte de planilhas, caso você possua dificuldade em fazê-las, são eles: ContaAzul, Bling, Nibo, Planilha de fluxo de caixa, Controle de contas a pagar e Planilhas diversas.

Agora você não tem mais motivos para se confundir na hora das contas e deixar de controlar seu caixa. O seu negócio pode se tornar muito mais acessível e econômico com todas essas dicas.

Diretoria de Comunicação.

 

blog-2015-05-31-inovacred

Captação de recursos – o meio para tirar seu projeto do papel.

Em um mundo globalizado, a busca por exposição de marcas pelas empresas, e a associação a projetos para uma melhora de sua imagem perante aos consumidores faz-se uma atividade recorrente no dia a dia de empresas de pequeno a grande porte, e é nessa procura que encontramos uma grande oportunidade para que projetos possam de fato acontecer.

Todo projeto desde a construção de um carro a uma série de palestras precisa de capital para acontecer, e isso acontece principalmente com nós, universitários, que necessitamos de um auxílio em nossos projetos a fim de realizar o que almejamos, e é por isso que fica a cargo da captação de recursos conseguir esse dinheiro e dessa forma equilibrar o orçamento.

Quando se está atrás de patrocínio há passos recorrentes a serem seguidos que são de vital importância para o sucesso de uma parceria. O primeiro deles é ter o conceito do seu projeto bem definido e documentado, a empresa irá querer saber com clareza do que se trata. É recomendável tentar patrocínio com empresas que partilham dos mesmos valores do seu projeto ou evento, pois o acordo, normalmente, sairá com maior fluidez  dessa forma.

Outro ponto a ser destacado são as cotas de patrocínio e benefícios de exposição de imagem para empresa, uma grande chave para negociação de parcerias é mostrar com clareza os benefícios que a empresa receberá caso decida investir no projeto e quanto ela terá que arcar para isso. Normalmente são feitas tabelas em que cotas são nominadas para cada série de benefícios e dessa forma fica mais fácil visualizar o que está sendo oferecido.

Tendo esses dois pontos em mãos, comumente reunidas em um documento denominado plano de mídia, entra em jogo um trabalho um pouco mais sistematizado de entrar em contato com as empresas via e-mail, telefone ou , de preferência, de forma presencial.

No trabalho de captação é necessário ser insistente e resiliente. Com certeza  a palavra não será ouvida diversas vezes, mas é sempre bom lembrar que o sim pode ser conquistado e não é impossível de ser alcançado, e ele é o que fará com que seu projeto adquira receita suficiente para sair do papel.

Diretoria de Projetos.